O concurso

O concurso Curtas de Cinema Documental Jovem tem por objectivo distinguir as melhores curtas (microfilmes até 3 minutos) produzidos sobre Os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM)

 

Participa! Envia a tua curta até ao dia 28 de Fevereiro de 2011! Poderás ganhar os seguintes prémios:

 

1º Premio – Material audiovisual no valor de €2000;

2º Prémio - Material audiovisual no valor de €1000;

3º Prémio - Material audiovisual no valor de €750;

E se fores o vencedor, a tua Escola também recebe um prémio no valor de €1000 em material audiovisual.

 

É muito fácil montares a tua própria curta! Se tiveres alguma dificuldade poderás descarregar o Material de Apoio para a elaboração das tuas curtas.  Vê aqui o Guia técnico das Curtas!

 

Os 15 melhores filmes serão posteriormente integrados numa mostra itinerante que circulará pelo país com o objectivo de divulgar os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio!

 

O que são os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio?

 

Os oito Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), a alcançar até 2015, respondem aos principais desafios com os quais o mundo actual se confronta a nível do desenvolvimento. Os ODM têm como ponto de partida a Declaração do Milénio das Nações Unidas, documento histórico aprovado na Cimeira do Milénio realizada de 6 a 8 de Setembro de 2000 em Nova Iorque – que foi assinada por 189 Chefes de Estado e de Governo, entre os quais Portugal. São eles:

 

1 - Erradicar a pobreza extrema e a fome;

2- Alcançar a educação primária universal;

3- Promover a igualdade do género e capacitar as mulheres;

4- Reduzir a mortalidade infantil;

5- Melhorar a saúde materna;

6- Combater o HIV/SIDA, a malária e outras doenças;

7- Assegurar a sustentabilidade ambiental;

8- Desenvolver uma parceria global para o desenvolvimento.

 

Para mais informações sobre os ODM, por favor consulta o Guia dos ODM no Mundo.  

NOTA:

Poderá ainda ser solicitado um dvd com alguns videogramas sobre as temáticas dos ODM e com algumas propostas pedagógicas de exploração dos mesmos.

Para tal, basta entrar em contacto com a Oikos – Cooperação e Desenvolvimento. Ver contactos em www.oikos.pt.

tags:
publicado por Oikos às 18:03 | link do post